Publicidade
Pedro Botelho
Crónica do Director 30 de Agosto
Opinioes
Mais Opinões
Publicidade
Empresas Comunidade soliária
Portais Universos Blogs
Publicidade
Executivo desmente declaração de Berta Cabral
Polí­tica

Executivo desmente declaração de Berta Cabral

A líder social-democrata tinha afirmado ter havido uma redução da área agrícola na Região de 151%, informação que o Executivo açoriano agora desmente.

Face à declaração da candidata do PSD, Berta Cabral, que dizia ter havido uma redução de 151% da área agrícola cultivada nos últimos 10 anos, o Governo Regional dos Açores esclareceu que tal não é verdade e nem sequer tem qualquer aproximação à realidade.

Segundo o Executivo, e de acordo com os dados do Recenseamento Agrícola 1999-2009 (período dos censos), a superfície agrícola na Região apenas teve um decréscimo de 1%, contra uma diminuição de 5% no Continente.

No Continente, a superfície agrícola não utilizada representa 2,7% da superfície total das explorações e nos Açores representa apenas 1,4%. Houve sim, por exemplo, uma redução de 4% na Madeira; 13% no Algarve; 26% na Beira Litoral; 20% na Beira Interior.

Nos últimos quatro anos, informa o Governo dos Açores, a área de cultivo de produtos da diversificação agrícola passou dos 410ha para 830ha, nunca se produzindo tanto como hoje se produz em horticultura, floricultura, fruticultura e outras culturas da diversificação.

Trata-se, assim, na opinião do Executivo, de uma declaração sem qualquer nexo e respeito pela verdade por parte da candidata do PSD à Presidência do Governo Regional.

JornalDiario

2012-10-09 09:00:09

Imprimir notícia