Jornal diario
  • Grupo Oriental  

  • Grupo Central  

  • Grupo Ocidental  

PESQUISAR

RSS
Director: Pedro Botelho pedrobotelho@jornaldiario.com AÇORES traco SEXTA-FEIRA traco 15 DE DEZEMBRO
Publicidade
Opinioes
Mais Opinões
Publicidade
Empresas Comunidade soliária
Portais Universos Blogs
Publicidade
Nova porta de entrada da Europa para os Açores

Nova porta de entrada da Europa para os Açores

O secretário regional do Turismo e Transportes diz que a ligação Amesterdão/Pico abre uma nova “porta de entrada da Europa nos Açores”.

O secretário regional do Turismo e Transportes afirmou, no Pico, que a chegada do primeiro voo internacional àquela ilha torna este dia importante, “numa perspectiva do trabalho que foi desenvolvido, nomeadamente com a maior reforma de sempre efectuada ao nível das acessibilidades”.

Vítor Fraga, em declarações aos jornalistas após a recepção aos passageiros do voo da TUI que ligou Amesterdão, na Holanda, ao Pico, salientou que esta ligação “abre uma nova porta de entrada da Europa para os Açores", que também se "enquadra numa perspectiva de desenvolvimento do sector turístico".

"No fundo, o que estamos aqui a fazer é dar mais um passo para que o sector continue a desenvolver-se numa perspectiva de igualdade entre todas as ilhas, potenciando que esse crescimento alastre a todas as ilhas e que todas possam beneficiar dos incrementos que os fluxos turísticos trazem para a Região”, contribuindo também para “gerar mais riqueza e criar condições para que se possa preservar e criar mais postos de trabalho”, frisou Vítor Fraga.

O titular da pasta do Turismo recordou que os Açores fizeram um percurso ao longo destes anos, “no sentido de se prepararem para a consolidação do sector do turismo”.

Para Vítor Fraga, “as ilhas do 'Triângulo' estão e vão dar uma boa resposta, não só aqueles que estão directamente ligados ao sector do turismo, mas a população em geral, porque não nos podemos esquecer que todos nós somos pontos de contacto preferencial com quem nos visita e temos que fazer o melhor que podemos e sabemos para os receber bem, para criar um desejo permanente de regressarem e, no fundo, para os cativar para serem nossos promotores junto dos seus principais mercados emissores”.

O secretário regional salientou ainda a importância do mercado holandês, que “tem feito um percurso sólido ao longo dos anos”.

“Do final de 2012 até ao final de 2015, crescemos cerca de 22%. São mais de 15 mil dormidas e acreditamos que, com esta nova operação que tem o Pico como porta de entrada, daremos mais um passo na sua consolidação”, incrementando os fluxos turísticos provenientes deste mercado para os Açores, salientou Vítor Fraga.

JornalDiario

2016-04-26 10:00:00

Imprimir notícia